17 janeiro 2013

Divergente

Detalhes
Nome Original: Divergent
Autor: Veronica Roth
Editora: Rocco
Nº de Páginas: 500
Ano: 2011
Categoria: Distopía/Romance
Narrador: Personagem

Resenha:
Em um futuro próximo, Chicago é dividida em cinco facções a quais cada uma acredita em uma coisa, a Abnegação (altruísmo), a Amizade (bondade), Audácia (coragem), Erudição (conhecimento) Franqueza (honestidade). 

Beatrice acaba de completar seus 16 anos e irá participar da Cerimônia da Escolha, onde escolherá permanecer na facção que nasceu (que é a Abnegação) ou escolher ir para uma das outras quatro. Mas antes disso ela terá que fazer o teste de aptidão, onde passa por uma série de simulações "virtuais" que dependendo de suas escolhas mostrará qual das facções se encaixa melhor com o seu perfil. 


Acontece que o resultado da Beatrice deu como inconclusivo, e é algo extremamente raro de se acontecer, e isso só ocorre quando o indivíduo é um divergente, ou seja, é uma pessoa perigosa e capaz de controlar as simulações que são aplicadas nela.

"– Espere  interrompo-a. Então você não tem nenhuma ideia de qual é a minha aptidão?
Sim e não. Minha conclusão – explica ela é que você apresenta aptidão para a Abnegação, a Audácia e a Erudição. Pessoas que apresentam resultados assim são... – Ela olha para trás, como se esperasse ser surpreendida por alguém. ...são chamadas de... Divergentes– Sussurra a última palavra tão baixo que quase não a ouço, e um olhar tenso e preocupado volta a dominar seu semblante. Ela segue a lateral da cadeira e se inclina em minha direção.
Beatrice – diz ela , você não deve compartilhar essa informação com ninguém, sob quaisquer circunstâncias. Isso é muito importante. "
pág. 28


PS: Se você não quer saber para qual facção a Tris irá, pule para o parágrafo com a flecha vermelha.
Sem saber direito o que é um Divergente e o por quê de serem tão perigosos, Beatrice decide que irá para a Audácia pois nunca se sentiu bem na sua "facção natal" e é contra a Erudição. Lá passa a ser chamada de Tris e começa a passar por uma série de testes de iniciação. Conhecido por ser uma facção de pessoas corajosas e permitidas a fazerem o quem quiserem, Tris se sente mais livre do que nunca, e fará de tudo para continuar o resto de sua vida nessa facção que a representa tão bem.

Acontece que nada é tão fácil assim, ela precisa aprender a atirar, subir e descer de trens em movimento, pular de lugares altos, e uma série de coisas que para os "audáciosos" é totalmente simples mas que para ela pode ser desafiador (mas nada que ela tenha medo).

–> E como toda história tem um vilão, essa não deixaria de ter. Tris sofre um certo "preconceito" por alguns outros iniciandos por ela ser da Abnegação. Ela não liga muito para eles mas muitas coisas acontecem fazendo com que a própria Tris comece a desejar o mal e se tornar uma pessoa cruel (não a ponto de virar uma vilã! Mas do tipo de desejar a morte de certas pessoas), e isso fez com que eu gostasse mais ainda da protagonista pois ela não é como a maioria dos personagens principais de outros livros, toda certinha e bondosa, ela tem uma personalidade forte, corajosa e independente. 

Além disso, muitas coisas ocorrerão no decorrer do livro e acredito que o que eu contei até agora é o suficiente para que quando vocês lerem o livro se surpreendam com as coisas que não disse. :)

Divergente foi uma leitura rápida e viciante, daquelas que te prendem ao livro e você nem percebe que o tempo passou. A história é muito interessante, apesar de em vários pontos do livro eu me lembrar de alguma outra história, até que é criativa. Me lembrei de Jogos Vorazes (facções/distritos), A Hospedeira (sede da Audácia/cavernas do tio Jeb), Eu Sou o Número Quatro (o nome "Quatro") e Destino (por ser uma sociedade a qual todos vivem bem)

A narração da Roth é muito bem detalhada, fazendo com que você "repare" nos mínimos detalhes das cenas que ocorrem no livro. O fato de ser narrado pela Tris também torna o livro mais "fluente" e rápido de ler!

Virei mais uma fã da Veronica Roth e estou ansiosa demais para a continuação! Sério, não vejo a hora de ler o próximo!
Eu simplesmente adorei a história, os fãs de distopías (como eu) irão adorar! Adorei tudo, principalmente a personalidade dos personagens! E mais uma vez minha mente colocou atores nos personagens :D  Veja abaixo como ficaram cada um dos personagens na minha imaginação:

Tris: Imaginei a Teresa Palmer como Tris pois ambas são loiras e quando a Tris usa as roupas da Audácia imaginei a Teresa como Seis no filme de Eu Sou o Número Quatro.
Fora que sou grande fã da atriz e ela sempre acaba entrando no meu mundo literário.
Quatro: Alguns dias antes de começar a ler Divergente, assisti ao filme Homem-Aranha 3 pela milionésima vez e o James Franco (que faz o Harry Osborn) ficou na minha cabeça quando conheci Quatro no livro. 
Christina: No livro dizia que ela tinha cabelos curtos e não sei o por quê veio a Samya em minha cabeça. Mas acabou que gostei dela como Christina :)
Will: Will é um garoto inteligente e esperto, na hora comparei ele com o Simon de Misfits, que é interpretado pelo Iwan Rheon.
Caleb: Não preciso nem falar o por quê o Tyler é o Caleb não é mesmo? Associei o nome "Caleb" ao Caleb de Pretty Little Liars e acabou que o Tyler virou o Caleb de Divergente para também para mim :)
Mãe da Tris: É a mesma atriz que faz a mãe da Katniss no filme dos Jogos Vorazes. Foi a primeira mulher loira que passou pela minha cabeça enquanto lia.
Eric: Apesar de não ter nada a ver com o Eric de Divergente, o Blair foi o garoto com "cara de mau" que veio na minha mente na hora ˆˆ
Uriah: Acredito que pelo fato de Tris ter dito que ele tinha a pele morena e um sorriso branco me veio em mente o Taylor Lautner, mas acabou que foi o Kyle que ficou na minha mente (clique aqui e entenda o por quê) quando lia sobre o Uriah.

E esse foi o meu "elenco dos sonhos" de Divergente. Apesar da maioria dos atores que imaginei serem bem mais velhos do que os respectivos personagens, não consegui driblar a minha mente para tentar "mudar" o ator que pensei na hora, aliás, não sou uma divergente para conseguir controlar o sistema assim, não é mesmo?



3 comentários:

  1. haaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
    AMO AMO AMO

    ADOREI A RESENHA *-*

    DDDDDDDDDDD; ESPERANDO MUITO O SEGUNDO........

    ADOREI OS "PERSONAGENS DA SUA MENTE" KKKKKKKKKKKK'

    ~SIM ESTOU GRITANDO


    LEITORES DO NORTE

    http://leitoresdonorte.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostou!
    ESTOU ANSIOSA DEMAAAAAAIS PELO SEGUNDO TAMBÉM!
    -TAMBÉM ESTOU GRITANDO

    hahahah` beijos!

    ResponderExcluir
  3. Nossa a Sra.Prior e o Caleb estã como eu imaginei !!!

    ResponderExcluir