21 outubro 2013

O Lado Bom Da Vida

Nome Original: Silver Linings Playbook
AutorMatthew Quick
EditoraIntrinseca
Ano: 2013
N° de páginas255
Categoria Romance
Narrador: Personagem

Sinopse:
Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes da internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. Uma história comovente e encantadora, de um homem que não desiste da felicidade, do amor e de ter esperança.

Retirado do Skoob

Resenha:
Eu sendo grande fã de Jogos Vorazes, assim que lançou o filme de "O Lado Bom da Vida" fiquei doida para assistir, aliás, a atriz principal é a Jennifer Lawrence! (Convenhamos que não foi apenas ela que me fez querer assistir ;D). Todos falando, indicações ao Oscar, além de assistir o filme precisava ler o livro, sem sombras de dúvidas! Comprei o livro e comecei a me aventurar na mente de Pat Peoples.


"Olhar nos olhos de outra pessoa, por um longo tempo revelou-se uma coisa poderosa. E se você não acredita em mim, tente fazer isso você mesmo."


O fato de toda a história ser narrada por um homem meio doidinho é bem legal e engraçada. Os personagens possuem personalidades diferentes do comum, fazendo-nos ficar cada vez mais interessadas em conhecer mais sobre eles. Como assisti ao filme antes de ler o livro, a leitura foi fluindo facilmente e não é difícil de entender. Acredito que mesmo sem assistir ao filme uma pessoa conseguiria entender sem dificuldades.

Uma única coisa que me incomodou foram as partidas de futebol americano... esporte o qual não entendo nada e eram páginas narrando os passes e lances. Resumindo, li mas fiquei na mesma, não entendi "lhufas".

É um livro de romance diferente, o que o torna mais apaixonante ainda! Gostei muito do livro e recomendo para quem quer um romance diferente do clichê, mas também não tão distante da nossa realidade.



Nenhum comentário:

Postar um comentário